Após a eliminação vexatória para o Botafogo na Copa do Brasil, os jogadores do Atlético desembarcaram no aeroporto de Confins, no início da noite desta quinta-feira, em total silêncio. Os atletas deixaram o saguão de desembarque unidos e ninguém falou com os jornalistas que aguardavam por explicações após mais uma atuação ruim da equipe.

Poucos torcedores estiveram no aeroporto e não houve qualquer tipo de transtorno. Do lado de fora, dez viaturas da Polícia Militar aguardavam para evitar problemas mais sérios.

Quando os atletas desembarcaram, muitas críticas, com pedidos de raça e insultos aos atletas, com gritos de vergonha. Ao passar pelos microfones e torcedores, os jogadores se esquivaram e foram direto para o ônibus.

O presidente Daniel Nepomuceno não desembarcou com o grupo. Ele, no entanto, concederá entrevista nesta sexta-feira, na Cidade do Galo, para tentar dar mais explicações para os torcedores por mais uma atuação desastrosa da equipe.

O Atlético volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Coritiba, fora de casa. A equipe alvinegra busca reabilitação no Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *