Botafogo que venceu o Nacional-URU por 2 a 0, no Nilton Santos, teve a cara do time de Jair Ventura. Com muita entrega durante os 90 minutos, a equipe bateu mais um campeão da Libertadores e avançou para encarar o Grêmio. A distância do “status” de favorito não incomoda o treinador, mas sim dá mais valor ao feito do grupo na competição internacional.

– Não temos que ficar chateados quando não nos colocam como favoritos. Não temos orçamento para isso. Mas conseguimos equiparar os orçamentos com trabalho. Estamos junto com o Grêmio dentro das mais importantes competições. Isso é prazeroso. Queremos sempre fazer o nosso melhor par anos, para nossa torcida e para nossa família.

Mesmo com investimento menor e problemas durante a temporada, o Botafogo bate no peito ao lembrar da campanha na Libertadores. O grande aliado, segundo Jair, é o torcedor. Nesta quinta-feira, recorde de público do Nilton Santos (40.050) em 2017 e festa do início ao fim.

– A gente não se apega aos tabus. Mas automaticamente com o bom rendimento vamos quebrando eles. Essa felicidade é para essa torcida maravilhosa, que fez essa festa. Seria frustrante não conseguir a classificação com mais de 40 mil presentes. Foram nosso 12º jogador.

Confira mais detalhes completos Tabela do BrasileirãoTabela Série ABrasileirão 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *